Noites Cafajestes à venda

Noites Cafajestes está de novo à venda, agora no site da Amazon Brasil: clique no link abaixo, e digite o nome do livro na pesquisa loja kindle, no alto da página.
Um verdadeiro guia de comportamento e sabedoria canalhas e cafajestes por R$6,00.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Descobertas feitas em mesas de bar e registradas em guardanapos - LXI

"Certas mulheres parecem ser falsas cognatas de outras  mulheres"

Um amigo de longa data, que bem pouco contribuiu para esta tranqueira, mas há poucos dias saiu-se com essa jóia, enquanto relembrávamos, entre goles de café,  certas mulheres, para lá de nocivas, que passaram por nossas vidas,  o que essas criaturas tinham em comum e como outra mulher, nossa conhecida, se parece com elas no que todas têm de mais tóxico. E 'falsas cognatas' carrega mais de um sentido, pois além dessas sujeitas, que tanto mal causaram, terem sido falsas ao extremo, se parecem entre si, como palavras cognatas. Olha só, que sofisticado AlexB está no uso do idioma! Empregando ambiguidades e duplos sentidos!

Saudações canalhas e cafajestes      

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Texto curto, direto e virulento - mais uma porretada nas feminazis

Descobri há pouco tempo mais uma pérola forjada pelas rad fem, pelas 'feministas radicais'(aspas porque essas psicóticas em questão envergonham o feminismo; conheço o verdadeiro movimento feminista - inclusive me relacionei com algumas ativistas - AlexB, o canalha e cafajeste, foi recebido pelos braços e alcova de feministas!!?? Pois é, chorem por isso), pelas tais feminazis: segundo essas criaturas elevadas e iluminadas, as relações heterossexuais, em nossa sociedade em que absolutamente tudo, tudo, tudo, tudo é simples meio de opressão machista e patriarcal, nunca são verdadeira e espontâneas, as mulheres que gostam de homens foram coagidas a isso (sério!!) e portanto uma relação sexual consensual entre homem e mulher não passa de......................................... estupro consentido!!!!
Sim, vocês leram direito: estupro - sexo à força, por meio de ameaça e/ou violência física - cometido com a aprovação e desejo da vítima que assim seja. Eis o nível de sandice de uma parte do movimento feminista contemporâneo.   

Caros leitores, peço sincera e veementemente: iluminem a limitada compreensão desse porco chauvinista que vos escreve e me elucidem como é possível um estupro ser cometido com consentimento da vítima, me expliquem por favor, que o paradoxo desse termo é tão monumental e absurdo que minha pobre mente por pouco não entrou em colapso ao tentar extrair algum sentido dessa barbaridade.

Saudações canalhas e cafajestes

sábado, 6 de agosto de 2016

O mundo (e principalmente São Paulo) ainda tem salvação!




Este escriba atravessou a Rua Augusta há pouco, vindo de um dos seus emocionantes compromissos profissionais(coletar informações interessantíssimas para preparar mais uma dessas emocionantes matérias 'jornalísticas' que não passam de propaganda barata mal-disfarçada, mas que financiam boa parte de suas farras noturnas), rumo a seu reduto, onde se preparará para mergulhar na noite, pois como canta o grande Marcelo Nova, no novo álbum do Camisa de Vênus, esta noite 'dançarei na Lua'. Pois bem, observando o 'açougue sexual farto e variado' nas palavras do mestre Reinaldo Moraes, registradas no genial 'Pornopopéia', topei com, não melhor, apresentou-se a mim um acontecimento e tanto na velha e maltratada rua da devassidão, permissividade, zoeira e esbórnia: um novo puteiro, um novo randevu, uma nova casa de facilidades abriu! Sim, caros leitores! A Rua Augusta, que tantas boates e casas de libertinagem perdeu nos últimos anos, para gáudio dos moralistas, recalcados, politicamente corretos e tipinhos frustrados e repressores em geral, que não cansavam de torpedear na imprensa vendida e falsa moralista que a 'decência', a 'moralidade', e a 'ordem' (leia-se, aburguesamento hipócrita) nela  tinham vindo para ficar, a Augusta velha de guerra , a verdadeira Augusta resiste e se manifesta. Se antes dávamos como certo que a geração leitinho com pêra metida a 'baladeira'(odeio esse termo!!!), as bichinhas afetadas e ridículas, as feminazis histéricas, os 'lacradores (arghhhh!!!!), os hipsters, ou seja,  toda a ridícula fauna 'jovem e moderna' tomou a rua de assalto e essa tornaria-se para sempre um antro de idiotice e bunda-molice, agora, com todas as fanfarras, alegria e orgulho anunciamos: ainda há salvação!!! São Paulo ainda possui pessoas e lugares que desafiam as boas intenções, a ordem, o limpinho, o sem-vida e sem-tesão. Então corram!! O Bar Baré abriu suas portas, no número 781 da Rua Augusta, para acolher todos os boêmios, desajustados e putanheiros que grassam pela noite.
E não, isso não é postagem paga, não sou um dos sócios, sequer amigo ou conhecido deles. Deliberadamente atrasei  o início de minha noitada para ligar o notebook somente para registrar toda minha empolgação e alegria aqui na tranqueira, enquanto estas eram frescas e intensas.

Saudações Canalhas e Cafajestes

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Texto curto, nada fútil e muito útil, para manter o blog ativo

"O casamento deixa as pessoas velhas e acomodadas, apesar de jovens."

Ray Bradbury

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Texto curto, fútil e inútil


Nada como uma noite após a outra!

P. S. : Não peçam explicação alguma, como sempre.

Saudações canalhas e cafajestes

sábado, 16 de julho de 2016

Friday night feeling ( and a lot of other night feelings)

.

Não importa o que ocorreu durante a noitada, a madrugada, se foi boa ou ruim, vergonhosa ou gloriosa, esta canção perfeita e eterna sempre será a trilha sonora definitiva do fim de noite para todos nós, insatisfeitos, boêmios, canalhas e perdidos em geral que vivem na noite e para a noite.  

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Serviço de utilidade pública a todos os canalhas e cafajestes que campeiam pela noite



JAMAIS SE ENVOLVA COM UMA ADVOGADA!!!!!



Fuja dessas criaturas o máximo possível, pois ferrarão com você mesmo que o relacionamento se resuma a uma simples ficada ou trepada de uma noite só. Isto é um conselho transmitido com todas as sinceridade e seriedade e baseado em profundas e terríveis experiências vividas por este escriba e seus amigos mais próximos.

Saudações canalhas e cafajestes